24/02/2012

why?



Nunca pensei que isto fosse uma coisa que fosse acontecer. O maior problema é pensarmos que só acontece com os outros, mas quando é connosco ai sim percebemos o quanto custa. Passa um ano, tu pensas que nunca acaba que agora vai ser mesmo para sempre, pode passar muito tempo e ele vai estar sempre ali. Tu fazes tudo por ele, dás tudo por ele. Ele faz-te promessas, diz que és tu e só tu e que não se imagina com mais ninguém. Depois com o tempo vais sabendo coisas que nunca pensasses que ele te fizesse. Ficas desiludida, completamente desiludida. Ficas a pensar que foste uma autêntica estupida no meio disto tudo, que andas-te a por a vida a depender de uma pessoa que nem se quer, quer saber de ti. Que de um dia para o outro deixou de falar para ti, que fez merda e nem sabe pedir desculpa pela porcaria que fez. Depois ficas tão fria que a única coisa que resta é mesmo mostrar que estás muito feliz, e que tudo te é indiferente e porque? Porque a indiferença fica muito mais fácil. Mas eu prefiro ser assim, enganar-me a mim própria do que ser covarde ao ponto de andar a brincar com os sentimentos dos outros.

12 comentários:

sophie disse...

adorei Carlinha :)

Maria João disse...

Acredita que a indiferença nos faz bem mal às vezes. Mas é bem melhor do que brincar com os sentimentos das pessoas como faz muita gente.. Mas esses só merecem que lhes aconteça o mesmo e vejam o quão é difícil passar por isso :c

Dani disse...

obrigada :)

Maria João disse...

Pois, eu sei bem o que isso é. O pior é que depois quando estamos sozinhas a indiferença vem ao de cima e, muitas vezes, faz-nos chorar :o É difícil ultrapassá-la..

beatrizpereira disse...

escreves bastante bem.

Afonso disse...

o teu tb está, acredita (:

Maria João disse...

Pois é, mas lembra-te de uma coisa: nada é impossível. E se outras pessoas conseguem, tu não és diferente e consegues também :)

Maria João disse...

Claro que sim :) se precisares da minha ajuda, já sabes ;)

Maria João disse...

De nada ;)

Fernando Gonçalves disse...

Olá, parabéns pelo seu blog.
Te convido a conhecer o meu,
http://carmasepalavras.blogspot.com/

;)

Juliana Silva disse...

és nada oh fixe!

Pedro Miguel SIlva Macedo. disse...

ADOREI! fantástico!